Memorial do Judiciário realiza IV Seminário Desvendando o Rio Grande


Evento foi realizado no Palácio da Justiça e abordou a família
(Foto: Nahiman Soares)

O Memorial do Judiciário realizou nos dias 18/10 e 19/10, o VI Seminário Desvendando o Rio Grande, no Palácio da Justiça com o tema Família: um olhar sociocultural, legal e jurídico.  

O seminário, que é realizado anualmente, contou, na abertura,  com a participação do Diretor do Memorial do Judiciário, Desembargador José Carlos Teixeira Giorgis, Marcelo Viana, da Associação Nacional de História e a Mestre Liane Maria Busnello Thomé, do Instituto Brasileiro de Direito de Família do RS.

O olhar sociocultural é muito importante. Traz a oportunidade de sabermos como o Direito vê a família, como o judiciário analisava esse tema e como analisa agora“, disse Liane na abertura do seminário. Esteve presente também o Diretor do Foro de Porto Alegre, Juiz de Direito Amadeo Henrique Ramella Buttelli. Ao todo foram apresentados quatro painéis e realizada uma visita guiada à exposição Minhas Memórias, Nossa História no Memorial do Judiciário.

No primeiro dia do seminário, o foco principal foi a história das famílias, com a apresentação da Doutora e Historiadora Kate Fabiani Rigo, que abordou os aspectos históricos das diversas famílias tradicionais já existentes até hoje. Foi apresentado ainda o painel Casamento – Histórico, aspectos legais e sociais, atualidade, com participação dos convidados Melina Kleinert Perussaltto, Liane Maria Busnello Thomé, Gregory da Silva Balthazar, Ana Maria Colling e  Conrado Paulino da Rosa, especialistas no tema.

O segundo dia do seminário voltou-se para a família contemporânea e trouxe a apresentação de dois painéis para discutir sobre a diversidade da estrutura familiar, as novas relações familiares e também sobre a família como temática transversal de estudo em escolas. Na apresentação estiveram presentes a Kathlen Luana de Oliveira, Rafael Gerhardt, Lucimar Quadro, a Juíza de Direito Rosana Broglio Garbin, a Simone Tassinari Cardoso,  e Mariane Inês Ohlweiler.


Texto final Memorial do Judiciário com texto de Gabriela Azzolini/Imprensa TJRS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s